7 Dicas Infalíveis para Começar a Praticar BDSM

7 Dicas Infalíveis para Começar a Praticar BDSM
Ver BDSM

7 Dicas para Começar a Praticar BDSM

BDSM significa Bondage, Disciplina, Dominação, Submissão, Sadismo e Masoquismo, é uma prática sexual consensual que envolve uma série de elementos, tais como, controle, submissão, dor e prazer. Embora muitas pessoas ainda vejam o BDSM como um tabu, é uma forma válida e emocionante de explorar a sua sexualidade, desde que seja feito com respeito, segurança e consentimento. Então, se está interessado em começar a praticar BDSM, aqui estão sete dicas infalíveis para ajudá-lo a dar os primeiros passos com confiança.

1. Conheça os seus desejos e limites

Antes de mergulhar no mundo do BDSM, é crucial conhecer a si mesmo. Pergunte-se sobre as suas fantasias, desejos e limites. O que você gostaria de experimentar? O que está fora dos seus planos? Conhecer os seus próprios limites é essencial para uma prática segura e consensual.

A comunicação é a chave para qualquer relacionamento BDSM bem-sucedido. Converse com o seu parceiro sobre os seus desejos e limites, e ouça o que eles têm a dizer. É importante ter conversas honestas e abertas para garantir que ambos estão na mesma página e se sentem seguros.

O BDSM envolve uma série de práticas que podem ser físicas e emocionais. Certifique-se de educar-se sobre as técnicas e os equipamentos que deseja usar. Além disso, aprenda sobre segurança e como evitar lesões acidentais. Existem muitos recursos online e comunidades locais que podem ajudar nesse processo.

Hogtie para mãos e tornozelos
4. Estabeleça uma palavra de segurança

Uma palavra de segurança é uma palavra ou sinal que você e seu parceiro concordam em usar durante a prática BDSM. Isso permite que qualquer um de vocês pare imediatamente se algo estiver desconfortável ou for longe demais. A segurança é fundamental.

Mas qual palavra devo usar? A dica é que sejam utilizadas palavras de fácil entendimento e que não possam ser utilizadas em outro contexto ou gerar algumas deturpações. Por exemplo, se você utilizar a palavra “pare” como safeword, poderá aumentar ainda mais a vontade de quem está dominando. Opte por palavras simples, como “céu”, “pedra”, “mar”. Fique à vontade para escolher.

5. Comece com suavidade

Se você é novo no BDSM, comece com práticas mais leves antes de avançar para coisas mais intensas. Isso permitirá que você se acostume com a dinâmica e descubra o que gosta e o que não gosta.

6. Respeite os princípios do consentimento

O consentimento é a base do BDSM. Nunca faça nada sem o consentimento claro e entusiasmado de seu parceiro. Lembre-se de que o consentimento pode ser retirado a qualquer momento, e você deve respeitar isso.

7. Esteja preparado para o pós-cena

Após uma sessão de BDSM, é importante cuidar do bem-estar emocional de você e do seu parceiro. Conversem sobre a experiência, cuidem um do outro e certifiquem-se de que ambos se sentem seguros e apoiados.

Lembre-se de que o BDSM é uma jornada pessoal e única. Não há regras rígidas, e o que funciona para um casal pode não funcionar para outro. O mais importante é que ambos sintam-se confortáveis, seguros e respeitados em sua jornada. Com estas 7 dicas para começar a praticar BDSM em mente, você pode começar a explorar o mundo do BDSM com confiança e responsabilidade.

Shopping Cart